Lá no Devoniano, quando os fungos eram gigantes

No século 19, o cientista canadense Sir John William Dawson (1820-1899) relatou a descoberta de uma estranha espécie de tronco fossilizado, que ele batizou de Prototaxites e a descreveu como sendo um ancestral do gênero de coníferas Taxus, enquanto a comunidade científica dizia que eram algas grandes. No fim de sua vida, J.W Dawson terminou concordando com essa definição.
Em 2001, o paleontólogo Francis Hueber retomando a hipótese de que a espécie na verdade era um fungo que chegava a alcançar aproximadamente 6 metros de altura e que tinha vivido entre 420 a 350 milhoes de anos atrás, entre os períodos geológicos Devoniano e Siluriano, apresentou evidências fortes para o Prototaxites ser incluido no Reino dos fungos, devido as suas estruturas internas e morfologia, mas somente em 2007 surgiram mais evidencias que suportam a idéia de Hueber. Num estudo independente cientistas realizaram medições de isotópos de carbono (são átomos com mesmo n° de protôns, mas diferente n° de neutrôns) do fóssil e de outras plantas fossilizadas que foram encontradas na mesma região, e se a espécie fosse uma planta ou alga, entao deveria conter uma certa quantidade padrão de isotópos, ja que as plantas através da fotossíntese produzem a sua propria matéria orgânica (que contem carbono) já os fungos precisam obter o carbono de outros meios, e os resultados do experimento mostraram que as taxas de isotopia no Prototaxites variava bastante, sugerindo que ele realmente retirava o carbono de outros lugares, assim como os fungos o fazem.

Imagine só, 50 milhões de anos antes de surgirem árvores ou vertebrados, um fungo colossal se extendia para os céus numa paisagem dominada por vermes e insetos. Um lugar extraterrestre para nossos olhos recentes de mamífero.

Fonte: Science daily

Infelizmente só para assinantes: aqui, e o resumo do artigo de Francis Hueber: aqui


2 Response to "Lá no Devoniano, quando os fungos eram gigantes"

  • Piter Keo Says:

    Legal, um fungo de 6 metros de altura! Seria legal voltar pra essa época e ver um ser destes. Devia ser impressionante.


  • L. Felipe A. Says:

    Seria mesmo!
    é um lugar onde só nosso sonhos podem chegar, e só a arte pode nos mostrar como deveria ter sido...
    estou preparando um post semanal sobre o Burgess Shale, outra paisagem primitiva e muito estranha...