Sexo, violência e evolução

Durante o sexo do pequeno inseto Afrocimex constrictus, ao invés de eles fazerem o papai e mamãe das noites de terça feira (ou quarta?), os machos preferem variar "um pouco", e utilizam o seu membro "afiado" para perfurar o exoesqueleto das fêmeas e liberar os espermatozóides diretamente em sua corrente sanguínea, mesmo elas possuindo aparelho reprodutor externo (que elas utilizam somente para pôr os ovos), elas ainda desenvolveram um órgão paragenital, que é a cavidade onde é depositado o sêmen, conhecido em inglês como spermalege, que aparentemente, ao longo da evolução foi utilizado para amenizar as injúrias que ocorrem durante o sexo, denominado de "inseminação traumática". Não contentes, os machos copulam com outros machos, também liberando o esperma em seu corpo, e pelos mesmos motivos das fêmeas, eles também desenvolveram uma cavidade similar à femêa, para ser depositado o esperma. O mais bizarro é que não acaba por aí, em algumas cavernas, descobriu-se que fêmeas mimetizavam a spermalege falsa dos machos, pois assim eram menos machucadas do que as que possuem o órgão verdadeiro! No artigo "Female-Limited Polymorphism in the Copulatory Organ of a Traumatically Inseminating Insect", da revista The American Naturalist foram identificados esses polimorfismos discretos nas fêmeas que imitam o órgão dos machos, coisa típica da dinâmica da Rainha vermelha.
Um conflito sexual único, complexo e estranho da Natureza, e ainda você acha que precisa dos sexólogos? (sem ofensa).



6 Response to "Sexo, violência e evolução"

  • Atila Says:

    Perfeito, seu blog é um alívio psicológico para coisas que eu queria postar e não tenho tempo :)


  • Luiz Bento Says:

    Depois do bizarro pênis de besouro que o atila postou no rainha vermelha, eu achava que já tinha visto de tudo :)


  • L. Felipe A. Says:

    é amigos, eu lembro quando estudava biologia no colégio, nada parecido com o que encontro por ai agora... essas coisas só existiam em ficção cientifica "B", mas não...

    Valeu pela visita!


  • vivoverde Says:

    há.... é eu acho que educação ambiental vai além de falar para a galerinha não jogar lixo no chão... falar de reciclagem e tal

    acho que rola um pouco de EDUCAÇÃO também .. hehe e poder falar de algo que tenho conhecimento .. é válido ehhe

    Bem .. quanto ao bixinho aí .. ele é o cara ahhaha adorei o post :) beijos e vc também tem um belo blog ... e vale para os baixinhos e grandinhos tb :) abraços

    PS: Onde vc achou o VIVOVERDE ? :)


  • L. Felipe A. Says:

    Também acho, é algo que deveria estar incrustado logo que a gente começa a aprender, só que como mal nos ensinam, complica tudo depois...
    abração Daiane


  • vivoverde Says:

    Opa.... há sim .. hehe é que sou curiosa mesmo .. gosto de saber de onde veem meus visitantes hehehe

    Há fique havontade .. estou favoritando e seguindo e tal o seu :) e linkando lá ^^ no #vivoverde ^^

    :)

    Abraços

    hummm aeh vamos incrustrar na cabeça desse povo a educação ambiental?
    ahahahah