Princípio antrópico


"O Universo não é uma idéia minha."

Alberto Caeiro

Na verdade, nós somos uma idéia do Universo.

Leia todo o poema aqui.


8 Response to "Princípio antrópico"

  • Clarissa Says:

    um diálogo entre dois poetas...


  • Fernanda Poletto Says:

    Não é à toa que Pessoa é meu poeta preferido (especialmente como A. Caeiro).

    Abraço!

    Fernanda


  • L. Felipe A. Says:

    Parece que o poeta(Caeiro/Pessoa) percebeu algo que muitos filósofos ou pós-modernosos teimam em não perceber, que o universo está ali/aqui mesmo se nós não estivessemos aqui/ali.


  • Maya Redin Says:
    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Maya Redin Says:
    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Maya Redin Says:

    a propósito,
    muitissimo boa a sua escolha em trazer o alberto caeiro pra conversar... é essa sensibilidade estética que faz desse um blog diferente...lindo.


  • JOCAX Says:

    O Princípio Destrópico
    Por: Jocax
    Resumo: O “Princípio Destrópico” é um argumento que estabelece que todo universo é equiprovável, e a possibilidade de vida não é uma característica mais especial que outra qualquer. Isso vai de encontro ao “princípio antrópico” quando este é utilizado para argumentar que existe a necessidade de uma divindade, ou de múltiplos universos, para explicar a configuração de nosso universo, em particular, a de poder abrigar vida.
    http://www.genismo.com/logicatexto26.htm


  • Tassi Says:

    Olá, Felipe.

    Cheguei em casa agora, depois do RABU e da tua palestra que especialmente me deixou bastante satisfeita (não compreendo/dia a "blogosfera") e me emocionou pelo vídeo. A obra do Zimmer é uma peça importante na construção do modo de eu ver a vida e toda a evolução. Queria saber se tem como eu ver o vídeo de novo, pensas em disponibilizá-lo na internet?

    Parabéns pela palestra, pela organização do Rabu e pela iniciativa do vídeo.

    Abraço,

    Tassi (tassibio@gmail.com)