A ciência dos super heróis

Lois H. Gresh, e Robert Weinberg escreveram este livro popular sobre a ciência e o universo dos superheróis, sobre quais personagens seriam mais plausíveis ou não, já que a origem dos seus poderes, nos anos 40-50, vinha da energia nuclear (acidentes para ser mais exato) como o gigante esmeralda, Hulk, e a aranha radioativa que picou Peter Parker, ou de alienigenas que foram enviados para a Terra e sua força residia no sol amarelo (Superhomem), sobre astronautas que foram afetados pelos raios cósmicos (Quarteto fantástico) e a lista segue... Mas para mim o héroi mais provável a existir seria o Batman "o homem morcego", pois ele não possui nenhuma super poder e só utiliza dinheiro a inteligência e os seus gadgets, como o batcinto, batmóvel, para combater o crime e o mal que se esconde no coração dos homens...
Mas não é só isso, o livro utiliza das historias em quadrinhos para introduzir os temas científicos, como clonagem, buracos negros, raios gama e cósmicos, o que seria interessante para iniciar o ensino da ciência para os jovens e pequenos nas salas de aula e em casa.
Gostaria de aproveitar o tema e divulgar meu novo projeto em parceria com meu irmão, o "Heróis de plástico", um blog sobre o figuras de ação e universo dos seres superpoderosos.

2 Response to "A ciência dos super heróis"

  • La Rara Says:

    Por fim alguém que me entende!!! Obviamente que Batman é o melhor "superheroe" que existe!!
    ë somente um homen que com inteligencia derrota ao mal!
    que bom que vc pense o mesmo, ja nao me sento sozinha no mundo!=P
    Um abraço!


  • L. Felipe A. Says:

    o Homem morcego é o mais legal sim, mas meu favorito é o capitão Marvel ,por que ele diz SHAZAM!!!
    hehe, abração Naikelina..